Microcity

TI Verde: Entenda como ter uma TI sustentável

TI Verde: Entenda como ter uma TI sustentável

A TI Verde é uma tendência mundial com o objetivo de implementar práticas ecologicamente corretas ao setor de tecnologia. Este conceito está relacionado aos valores éticos das empresas, contribuindo com sua reputação no mercado e benefícios comerciais com a redução de custos envolvidos.

 

Vivemos um momento de despertar para a sustentabilidade. Organizações de todos os setores econômicos têm adotado práticas para garantir um crescimento saudável e eficiente. A tecnologia desempenha um importante papel nessa nova visão e cada vez mais se populariza o conceito de TI Verde.

A adoção de práticas sustentáveis vem se popularizando diante das evidentes perdas ambientais. A escolha de tecnologias mais limpas e menos agressivas ao planeta se tornou um posicionamento estratégico de empresas preocupadas em se desenvolver causando o menor impacto possível.

O consumo de energia, vida útil e forma de descarte de equipamentos tecnológicos são algumas das preocupações do setor de Tecnologia da Informação. Esses fatores despertaram a necessidade de mudança.

O que é TI Verde nas empresas?

O conceito é simples. Práticas ecologicamente corretas, maximizando a eficiência energética e otimizando o uso dos materiais, desde a escolha para a fabricação dos equipamentos até o descarte correto, minimizando o impacto ambiental.

A adoção da TI Verde impacta em todos os setores, visto que a tecnologia está inserida nas atividades diárias de toda a empresa. Além dos impactos ambientais positivos, o uso de uma TI mais limpa e sustentável reflete também na reputação e na saúde financeira da empresa.

No entanto, não basta reduzir o consumo de energia e reciclar equipamentos obsoletos para chamar a TI da sua empresa de sustentável. O cumprimento da legislação ambiental e o acompanhamento e análise dos impactos ambientais das atividades da área da sua empresa também estão incorporados na TI Verde.

A norma ISO 14001 define os requisitos para um sistema de gestão ambiental. É ela que serve de parâmetro para o uso eficiente de recursos e a redução de resíduos para a implementação de uma TI Verde.

Desde 2005, existe o Índice de Sustentabilidade Empresarial. Esse indicador foi criado no Brasil para estimular um ambiente corporativo compatível com as demandas atuais de ética e sustentabilidade apresentadas pelo mundo.

Um estudo de 2007, do Instituto Gartner, indicou que os equipamentos de informática eram responsáveis por 2% das emissões de CO² em todo o mundo. Essa é uma das preocupações ambientais da TI. O descarte de equipamentos obsoletos é outro ponto de atenção.

O uso da tecnologia e suas consequências ambientais está em constante debate em todo o mundo. A TI Verde deixou de ser um supérfluo apenas para conquistar ambientalistas e passou a ser uma estratégia de negócio sustentável, econômica e de grande valor no mundo corporativo.

Quais são os benefícios para as empresas que adotam a TI Verde?

Algumas vezes vista como “inimiga do progresso”, a TI Verde ainda não é colocada como prioridade por algumas empresas. No entanto, esse conceito vem se tornando tão obsoleto quanto práticas e equipamentos altamente poluentes e degradantes.

A TI sustentável vem sendo considerada, cada vez mais, não apenas de forma ética e responsável, mas também rentável. Seus benefícios vão além da preservação do ambiente, que já é uma vantagem em si.

Redução de custos

A adoção de uma TI Verde pode até demandar um certo investimento inicial. No entanto, seu retorno é certo e acontece em diferentes frentes. A redução do consumo de energia é o primeiro item observável. Hábitos e equipamentos de menor consumo tem consequências imediatas nas contas da empresa.

Para além do consumo energético, a escolha de tecnologias mais eficientes e seu uso otimizado aumentam a vida útil das máquinas, reduz custos com manutenção e, por fim, diminui a necessidade de novas aquisições.

Imagem e reputação para clientes e parceiros

Adotando uma TI Verde, sua imagem diante de clientes e possíveis parceiros certamente será positiva. A valorização da questão ambiental é crescente e, para muitos, encontrar uma empresa que compartilha desses valores é essencial para fechar um negócio.

Seja nas relações B2B ou B2C, nutrir a reputação de uma empresa ética, responsável e sustentável é uma boa estratégia para atrair negócios com parceiros que também valorizam a sustentabilidade.

Desempenho e produtividade

De forma geral, a adesão à TI Verde passa pela escolha de tecnologias mais inteligentes e eficientes. Ou seja, ao adotar soluções que reduzem o consumo energético, a emissão de CO² e o descarte de resíduos no ambiente, sua empresa também opta por tecnologias que melhoram seus resultados de negócio.

As inovações tecnológicas estão cada dia mais voltadas para um consumo mais inteligente, que entrega maior flexibilidade, escalabilidade e disponibilidade, reduzindo tempo, custo e esforço. Ou seja, é uma relação ganha-ganha.

Quais são as práticas de sustentabilidade na TI?

Adotar práticas de TI sustentável pode ser um projeto simples e econômico. Algumas práticas são comuns a qualquer setor da empresa, não ficando restritas apenas à TI.

Descarte correto de materiais eletrônicos

O descarte de equipamentos defasados deve ser feito de forma a reaproveitar materiais que ainda possuem condições de uso ou reciclar o que é possível. Existem instituições e postos de coleta especializados que podem aumentar a vida útil ou dar a destinação correta para os equipamentos.

Gerenciamento de energia

Esse tópico merece destaque. Isso porque ele vai além da conscientização sobre a economia de energia na empresa, como o desligamento de equipamentos no momento de não uso e utilização de iluminação mais econômica.

A utilização do ar-condicionado é uma grande questão da TI, devido à necessidade de controle de temperatura dos equipamentos. Algumas empresas forçam a capacidade de seus servidores, demandando uma refrigeração acima do esperado para mantê-los funcionando.

O resultado é um consumo elevado de energia e máquinas trabalhando acima de sua capacidade com vida útil reduzida. O ideal é que a infraestrutura de TI seja planejada considerando a demanda da empresa, optando por equipamentos adequados, inclusive os de refrigeração.

Adotar tecnologias como a computação em nuvem também reduz significativamente a necessidade de um data center, minimizando o impacto no consumo de energia.

Preferência por parcerias e produtos verdes

Para que sua empresa seja reconhecida por prezar pela sustentabilidade, é importante que se valha de parcerias que valorizem os mesmos aspectos. Assim, ao buscar fornecedores e parceiros, é importante observar se seu processo de produção e prestação de serviços são compatíveis com seu posicionamento sustentável.

Adotar parcerias sustentáveis também significa optar por serviços que resultam em uma produção mais limpa para sua empresa. Optar por serviços de outsourcing de TI, por exemplo, pode proporcionar à sua empresa uma infraestrutura sob demanda, otimizando o uso dos equipamentos, reduzindo os gastos de energia e minimizando os impactos com descarte de materiais obsoletos.

Como vimos, adotar uma TI Verde vai muito além de desligar monitores e luzes ao sair da sala, e pode resultar em benefícios muito além de uma “boa imagem” para sua empresa. A gestão sustentável de TI é uma estratégia para atingir os melhores resultados de negócio.

Gostou do nosso conteúdo? Siga a Microcity nas redes sociais e saiba mais sobre como ter uma TI mais sustentável na sua empresa.

Assine nossa
newsletter

    Ebook
    do mês

      Importante:
      Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Saiba mais acessando nossa politica de privacidade e nossos termos e condições