Fale com um consultor Fale com consultor
Microcity

8 tecnologias emergentes que devem estimular a inovação nos próximos anos

8 tecnologias emergentes que devem estimular a inovação nos próximos anos

As tecnologias emergentes são os recursos de TI que já tem aplicações práticas, mas ainda não fazem parte da nossa vida diária. A expectativa sobre essa tendências é que elas possam ser usadas em diferentes contextos e difundidas, criando novas maneiras de realizar atividades de negócios.

 

Sempre que falamos sobre inovação, é natural pensarmos imediatamente em tecnologia. Independente do setor de atuação, é ela que vai engatilhar as mudanças que vão impactar a sociedade e a economia. Por isso, ficar de olho nas tecnologias emergentes é fundamental para acompanhar essas mudanças e evoluir.

Da invenção de uma nova tecnologia até a popularização de seu uso, existe um tempo de maturação e evolução, até que se torne, de fato, uma ferramenta prática dentro da realidade social. E as tecnologias emergentes são aquelas que já fazem a diferença para a população enquanto estão em um processo evolutivo acelerado.

Preparamos esse artigo com as tecnologias emergentes destacadas pelas principais instituições de pesquisa em tecnologia. Continue sua leitura e entenda como as aplicações dessas tecnologias podem mudar a economia e ajudar no desenvolvimento de novas soluções digitais.

Quais são as tecnologias emergentes?

Toda inovação tecnológica tem por premissa básica tornar a vida do ser humano mais simples e facilitada. Essas novas soluções trazem mudanças não apenas no comportamento da comunidade, mas, em última instância, na cultura de uma sociedade.

Ao listarmos as tecnologias emergentes apontadas pelos especialistas, salientamos que seu maior impacto pode ser observado na convergência de tecnologias. A somatória dessas tecnologias é superior ao uso de cada uma delas separadas, e o efeito da convergência são mudanças significativas na economia, criando novas maneiras de realizar atividades de negócios e gerar valor.

As tecnologias emergentes apontadas pela PwC Brasil são:

  • Internet das Coisas (IoT) – apesar de já ter seu uso bem difundido, a IoT ainda tem muito espaço de crescimento, principalmente em convergência com outras tecnologias. O segredo está na adequação do seu negócio às novas formas de interação pessoas–objetos inteligentes, respeitando as regras de uso e proteção de dados.
  • Blockchain – voltado para a segurança na transação de dados, a tecnologia já é amplamente utilizada pelas instituições financeiras, mas tem grande potencial para ser usada para bancos de dados de diferentes negócios, garantindo mais segurança para todas as partes envolvidas.
  • Drones – algumas pioneiras no uso de tecnologia, como Amazon, Google e Microsoft, já utilizam os drones para diversas funções, seja para comunicação, entregas e segurança. Mas seu uso pode ser explorado ainda por diversos setores, como hospitais e órgãos públicos.
  • Impressão 3D – essa tecnologia emergente pode reduzir drasticamente os custos com materiais e transporte, por exemplo, caso seja possível imprimir objetos próximos de onde serão utilizados.
  • Inteligência Artificial – o aprendizado das máquinas traz um enorme potencial para a criação de produtos e serviços relevantes, seja pela compreensão do comportamento do consumidor, seja para o diagnóstico de doenças de forma rápida e precisa.
  • Realidade Aumentada – a combinação dos mundos físico e virtual abre um novo campo para diversas áreas de negócio, possibilitando o uso de informações digitais contextualizadas para ampliar a visão do usuário sobre o mundo real e otimizar processos.
  • Realidade Virtual – essa tecnologia vem sendo usada para melhorar o atendimento e a experiência do consumidor. A realidade virtual tem um potencial enorme a ser explorado ao mudar a forma como o usuário vê o mundo e se insere em uma situação, especialmente no campo do treinamento vivencial.
  • Robótica – essa é uma tecnologia já bastante utilizada, mas que não para de inovar e crescer, principalmente pelo potencial de otimizar com automação e agilidade de produção. Seu uso vem transformando, em especial, operações em ambientes incertos, não controlados e potencialmente perigosos para humanos.

Já sabe como as tendências de TI podem impactar sua gestão?

O que o Gartner apresentou em seu Hype Cycle?

O Ciclo de Hype para Tecnologias Emergentes é um importante levantamento do Instituto Gartner, que reúne percepções sobre mais de 1500 soluções tecnológicas e apresenta as principais tecnologias emergentes “obrigatórias” e as tendências para os próximos cinco a dez anos, a nível global.

Na publicação de 2021, o instituto apresentou três vertentes, que levarão as organizações a explorarem tecnologias emergentes:

  • A confiança na engenharia;
  • A aceleração do crescimento;
  • A modelagem da mudança.

Para construir esses três pilares, as organizações investirão em tecnologias emergentes que vêm evoluindo nos últimos anos, extrapolando seus usos e potencialidades iniciais.

Os tokens criptografados (NFT), nuvem soberana, data fabric, redes combináveis e a inteligência artificial generativa são as principais tecnologias emergentes apontadas como potenciais responsáveis pelas mudanças que estão por vir.

Como as tecnologias emergentes podem impactar as empresas?

As inovações tecnológicas representam a chave para uma diferenciação competitiva, qualquer que seja o setor de atuação do seu negócio. E a velocidade com que as mudanças vêm acontecendo é um desafio até mesmo para as empresas mais atualizadas acompanharem.

Ou seja, estar por dentro das soluções tecnológicas mais inovadoras é fundamental para evoluir e garantir bom posicionamento no mercado. Mas esse destaque não vem de graça, é preciso investir em pesquisa, inovação e tecnologia, além de acompanhar de perto as tendências de tecnologias emergentes apresentadas por quem entende do assunto.

De acordo com o vice-presidente de Pesquisa do Gartner, Brian Burke, estamos em um contexto de mudança estratégica contínua e de incerteza econômica, no qual “as organizações líderes se apoiarão nas tecnologias emergentes para construir confiança e novas oportunidades de crescimento”.

As mudanças acontecerão não apenas a nível empresarial, mas em todo o contexto comportamental da sociedade, à medida que as organizações amadurecem digitalmente. Mais do que mudar, o investimento nas tecnologias emergentes promove uma aceleração exponencial na velocidade das mudanças.

Para estar preparado para as mudanças tecnológicas dos próximos anos, é fundamental que a TI da sua empresa seja planejada de forma estratégica e sistêmica, dando a devida relevância para os investimentos em inovação e nas tecnologias emergentes.

Se você gostou desse conteúdo, leia mais sobre Planejamento Estratégico de TI e saiba qual é a sua importância na evolução tecnológica do negócio e como desenvolver um PETI para a sua empresa para o ano de 2022.

Outsourcing e TI precisam fazer parte do planejamento da sua empresa

Assine nossa
newsletter

    Ebook
    do mês