Microcity

O que é globalização? quarta-feira, julho 1, 2020

Pode-se dizer que a globalização é a integração econômica, social, cultural e política entre todos os países. Com a diminuição de inúmeros custos como de meios de transporte, banda larga, internet móvel, e a comunicação no geral, o termo foi ganhando muita força com o passar dos anos.

Atualmente, grande parte das decisões no ambiente corporativo são tomadas com base nas informações trazidas pelo departamento de TI. Por meio dos avanços tecnológicos e da expansão da era digital, a velocidade com que lidamos com tudo à nossa volta se transforma a todo instante.

Acompanhar todas as mudanças que acontecem no mundo é, por vezes, quase impossível. Por isso, os cargos de liderança precisam lidar com uma grande pressão, não só para se manterem atualizados, mas também para tomar decisões de forma rápida e eficiente.

Por esta razão, com o avanço da internet e da TI de modo geral, agora estamos conectados a todo momento com qualquer pessoa e lugar do mundo. Inúmeros dados, informações, inovações, sistemas, entre outras coisas. Obviamente, a avalanche de dados têm vantagens e desvantagens, certo? Tudo vai depender do nosso ponto de análise.

O aumento dos dados digitais têm chamado cada vez mais a atenção das pessoas. Há muito tempo, desde meados de 2008, o volume da banda larga consumida aumentou 45 vezes. Incrível o quanto a gente evoluiu sem perceber, não é mesmo?

Quer um exemplo de globalização digital? Vamos lá!

Hoje em dia, inúmeras empresas (inclusive brasileiras) usam sistemas de gestão criado em outros países, como por exemplo na Finlândia.

A globalização digital permite que as pessoas troquem informações de todos os tipos, com infinitas formas de se comunicar e compartilhar dados, além de ter acesso a serviços que jamais teriam há alguns anos.

De acordo com a opinião popular, a globalização estagnou. Embora o fluxo de comércio internacional tenha se mantido estável e o fluxo de capital internacional tenha caído, a globalização segue em uma outra tendência. Ela está entrando em uma nova era, que é definida pelo aumento do fluxo de dados e informação.

Atualmente, o fluxo digital que até pouco tempo atrás era quase que inexistente, hoje em dia exerce um impacto gigantesco, tão amplo que ressoa no crescimento do PIB, de acordo com um novo relatório da McKinsey Global Institute (MGI), Digital globalization: The new era of global flows (Globalização digital: a nova era dos fluxos globais). E, apesar do impacto dessa mudança permitir a expansão das empresas, chegando até os mercados globais com modelos de negócios não tão intensos como grande companhias, ela traz consigo novos riscos e desafios.

O mundo nunca esteve tão conectado como atualmente. Com o passar do tempo, a conexão evoluiu de uma forma como nunca vista antes. 

Nos últimos 10 anos, o número de páginas na web e usuários cresceu cerca de 1.114%, um número extremamente expressivo.

Desde 2005, no dia 17 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Internet em vários países. O mundo digital e a tecnologia tornaram parte da vida das pessoas. Mesmo em lugares mais desfavoráveis, com menor infraestrutura, inúmeras pessoas acabam tendo alguma forma de influência digital.

Um estudo feito pela International Communications Union mostra como essa evolução digital foi extremamente rápida. Um dado muito interessante apontou que 56% da população digital, acessa a internet diariamente.

Além de transmitir enormes fluxos de informação que são extremamente valiosos, a transmissão de dados permite que haja um grande movimento de bens, serviços e finanças. Isso é gerado porque todo o tipo de transação transnacional tem algum tipo de componente digital.

Um exemplo do tamanho da globalização digital: nos Estados Unidos e na Europa estima-se que 90% de sua população total fique conectado à internet todos os dias, em diferentes plataformas. Esse número é bem diferente do que encontramos em outras regiões, como na África e na Ásia, onde apresentam cerca de 37% e 50% de pessoas conectadas diariamente. América Latina, Caribe, Oriente Médio e Oceania, possuem uma média de 60%.

Mesmo depois de tantos anos, após a propagação da internet, houve um “boom” ainda maior das redes sociais. Cerca de 80% da população mundial utiliza algum tipo de rede social, sendo que 9 em cada 10 usuários se conectam através do mobile.

A internet passou por inúmeras mudanças durante todos esses anos. No início, haviam páginas somente com textos gigantescos. Porém, com o passar dos anos, muitas imagens e vídeos começaram a ser incorporadas. Hoje em dia existem sites completamente interativos, com conteúdo multimídia variados, o que pode ser um problema para alguns usuários que não têm acesso a conexões velozes.

A média de KB dentro de uma página na internet, atualmente, chega a cerca de 1800KB no desktop e 1600KB no mobile. Fazendo uma comparação a 10 anos atrás, no qual era necessário uma média de 400 a 500KB, conseguimos enxergar que houve um aumento gigantesco na quantidade de dados consumidos para o uso de ambas as plataformas.

O impacto da globalização digital na educação

A nova geração de estudantes é extremamente engajada no âmbito online, com uma facilidade ímpar para novas tecnologias, uma vez que já nasceram inseridos nesse contexto. Além disso, o interesse por jogos eletrônicos, campeonatos de games, ciência e cinema é cada vez maior e mais impactante no perfil dos jovens.

É diante desse cenário que a TI se mostra fundamental para a educação, já que é possível potencializar o formato de ensino e torná-lo cada vez mais interessante e produtivo.

Consoante a isso, o principal motivo do uso da TI no âmbito educacional, permite apresentar os conteúdos de uma forma mais compatível com a realidade dos jovens e estudantes atuais, que nasceram em um mundo conectado, inteligente e integrado.

A globalização digital e o acesso à informação

Primeiro, devemos lembrar que informação é diferente de conhecimento. Em grande parte, a internet traz um grande volume de informações. Podemos dizer que a informação só tem o objetivo de passar adiante o que for necessário, e normalmente, tem uma vida curta.

É impossível falar sobre a globalização digital e não comentar sobre o quão importante ela é na democratização da informação, fomentando a pesquisa e possibilitando um crescimento intelectual e profissional para quem demonstra interesse em adquirir qualquer forma de conhecimento.

Uma pessoa que está fazendo uma pesquisa, não precisa necessariamente de um acesso físico, como ir em bibliotecas, por exemplo. A pessoa pode simplesmente passar algum tempo fazendo uma pesquisa na internet, acessar informações, vídeos e artigos confiáveis acessando de forma gratuita o conhecimento.

Benefícios da Globalização Tecnológica

A partir do momento que uma pesquisa científica se torna algo internacional, ela abre espaço para inúmeros debates, compartilhamento de conhecimento e, consequentemente, causa uma evolução.

Através do conhecimento e a globalização digital, foram incluídas algumas ferramentas digitais extremamente importantes para a obtenção de resultados mais rápidos e promissores.

Globalização digital como oportunidades para os negócios

Após todo esse tempo, a globalização digital acabou permitindo que as pequenas empresas pudessem expor os seus produtos e serviços de uma forma muito mais efetiva. Atualmente, não é necessário ser uma empresa extremamente grande e bilionária para comercializar para o exterior. A comunicação e transação de dados e dinheiro pode ser feita completamente pela internet. Hoje é possível fazer tudo isso sem sair do seu escritório.

Mas afinal, como  a globalização digital impacta a gestão de TI?

Por meio da globalização digital e a evolução da TI, o cenário empresarial se torna cada vez mais competitivo e exigente. Sabemos que os fatores tecnológicos são, inclusive, responsáveis pela adaptação contínua da postura estratégica empresarial e, para isso, é muito importante ter uma equipe de alta performance em TI.

O grande fluxo de dados que temos hoje, com celulares, wi-fi, 4g, imagens sendo postadas o tempo inteiro, arquivos sendo enviados e salvos na nuvem, lives em diversas plataformas, mensagens, aplicativos entre outros inúmeros dados, faz com que necessitamos de uma operação rápida, prática e segura.

A tecnologia da informação é uma grande responsável por dar suporte ao planejamento estratégico de qualquer empresa, automatizando inúmeras tarefas e auxiliando no controle de cada ação. Essa área é uma grande estratégia durante o planejamento, direção e controle de todo o processo.

Uma boa infraestrutura de TI torna mais efetivo o processo de implantar qualquer sistema corporativo. É muito importante que haja suporte técnico, para qualquer área ou ferramenta, capaz de propiciar uma maior performance de toda a equipe.

Você sabe como a TI agrega valor para o seu negócio?

Além disso, em tempos de crise, como por exemplo a pandemia do coronavírus, as empresas foram impulsionadas a se transformarem digitalmente. Por esta razão, a TI se tornou ainda mais estratégica, uma vez que é a responsável por permitir que as pessoas trabalhem de casa e promover segurança de informação e dados para as empresas.

Qual a importância de uma equipe de alta performance em TI?

Por meio da evolução da TI, o cenário empresarial se torna cada vez mais competitivo e exigente. Sabemos que os fatores tecnológicos são, inclusive, responsáveis pela adaptação contínua da postura estratégica empresarial e, para isso, é muito importante ter uma equipe de alta performance em TI.

A TI é a grande responsável por dar suporte ao planejamento estratégico da empresa, automatizando tarefas e auxiliando no controle interno de cada setor. Essa área é uma grande estratégia durante o planejamento, direção e controle de todo o processo.

No caso da implantação de qualquer sistema corporativo, o processo será muito mais efetivo se a empresa contar com a infraestrutura da tecnologia da informação necessária. É muito importante que haja suporte técnico, tanto para recursos humanos, como para qualquer outra ferramenta capaz de propiciar o monitoramento e acompanhamento dos processos relacionadas à TI.

É possível ter uma equipe de alta performance gastando pouco?

Para implementar da melhor forma uma equipe de tecnologia da informação, os gestores precisam levar em conta algumas condições básicas, como: integração a todas as ferramentas de gestão necessárias, e ter consciência de que os benefícios mais significativos virão a longo prazo.

Para facilitar sua implementação, é necessário criar uma visão estratégica que poderá direcionar o sistema de TI por todo o planejamento da empresa.

Com base em uma certa limitação financeira, principalmente nos pequenos negócios, nem todos os recursos oferecidos pela TI são acessíveis ou necessários. É claro que a maioria dos gestores tem um certo receio em investir.

É preciso quebrar alguns mitos que dizem, como por exemplo, que investir em  TI é para grandes empresas e requer recursos absurdos, que tem uma implantação de soluções difíceis, não é segura e que alguns negócios não exigem desenvolvimento de tecnologia.

Você sabe o que é, e qual a importância do outsourcing em TI?

O uso de profissionais, ferramentas e infraestrutura de TI quando terceirizados, são chamados de “Outsourcing”, que podemos traduzir para o português como “fonte externa”.

Em inúmeros casos, esse serviço apresenta um custo-benefício enorme para qualquer empresa que queira manter uma equipe sempre atualizada e à frente dos concorrentes.

Uma das grandes vantagens é o monitoramento e prevenção de falhas nos sistemas e computadores. Desta forma, as equipes podem focar nos trabalhos e otimizar o desempenho de toda a empresa.

Um grande exemplo é o atendimento integrado. Ao invés de cada setor de uma empresa ter diferentes fornecedores, contratos e tempos de entrega, com o investimento em outsourcing de TI, o foco pode ser todo direcionado por um só fornecedor, dando um upgrade muito grande na otimização de atividades da empresa, e principalmente, poupando tempo e dinheiro.

A era do e-commerce e dos marketplaces: a adaptação em um mundo de constantes transformações

Sabemos que a globalização digital elevou as lojas online para um novo nível. Aproximadamente 12% das comercializações mundiais são via e-commerce. E não pense que é preciso investir grandes quantias para o desenvolvimento completo de uma plataforma para vender online. Hoje em dia, temos à nossa disposição plataformas prontas e totalmente customizáveis.

Alguns sites como eBay e a Amazon, são muito conhecidos como marketplaces que permitem que os microempresários efetuem vendas e façam negócios a partir de qualquer lugar, para que também sejam empresas que competem no mercado.

Outro fator que incentiva e acelera a era das vendas online é a situação em que o mundo se apresenta. Atualmente, na pandemia da COVID 19, período em que a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é que todos as pessoas fiquem em casa, é primordial que todos passem a atuar no universo digital – independentemente do porte de cada organização.

O primeiro grande desafio foi tornar possível o home office e agora, naturalmente, os negócios precisam continuar rodando, não é mesmo? Sendo assim, para que não tenha perda de receita é preciso de adaptar nas plataformas digitais e manter a rentabilidade do negócio.

A globalização digital, o comportamento das pessoas e tudo o que acontece no mundo faz com que a cultura e a informação quebrem barreiras.

A democratização da tecnologia e da internet facilitou o acesso a coisas que antes exigiam um deslocamento ou até mesmo um networking extremamente amplo.

Um gestor de TI pode contratar profissionais de todo o mundo. Qualquer estudante pode aprender uma disciplina ou a utilizar softwares de vídeo, assistindo a vídeos no YouTube. Um artista, um músico, um pintor, pode mostrar seu talento para o mundo todo, sem precisar sair de casa ou fazer uma turnê internacional.

Conclusão

Neste ebook você aprendeu que a globalização é movimentada por meio da tecnologia, a qual impulsiona inúmeras correntes de informações simultâneas. Por isso, conseguimos ter uma comunicação clara em um espaço de tempo cada vez mais curto.

Diante desse cenário em que a gestão da tecnologia da informação se tornou indispensável, é fundamental estreitar nosso relacionamento com parceiros estratégicos de TI.

Não obstante, além de assumir um papel estratégico, precisamos reforçar a presença da TI na essência das empresas, uma vez que diante de cenários de crise é a tecnologia da informação que tem proporcionado ferramentas e processos para que o mercado de trabalho continue em atividade.

A era da informação e dos ambientes conectados trouxeram também uma série de complexidades que, no âmbito da tomada de decisão, nos exigem conhecimento prévio. A facilidade do acesso à informação e ao conhecimento não necessariamente está relacionada com a clareza dos dados.

Portanto, a estratégia mais assertiva para melhorar os resultados de negócio da sua empresa é ter parceiros que auxiliem na infraestrutura e gestão de TI. Se você precisa fazer contato com um especialista nesse assunto, clique aqui e converse agora mesmo com um consultor para te orientar sobre as melhores práticas para a sua empresa.

Se interessou por este conteúdo?

Preencha o formulário abaixo para continuar lendo este artigo e muito mais.





Fique tranquilo. Os seus dados estão seguros com a Microcity