Microcity

Qual a infraestrutura de home office definitivo ideal para sua empresa?

Qual a infraestrutura de home office definitivo ideal para sua empresa?

A infraestrutura de home office definitivo precisa oferecer todas as condições necessárias para que o colaborador possa fazer seu trabalho. A empresa precisa se preocupar ainda com a segurança de dados fora do seu ambiente para evitar ameaças e riscos ao negócio.

 

Com o crescimento da adoção do trabalho remoto por empresas dos mais diversos setores, gerentes de TI têm uma missão fundamental nas mãos: organizar uma infraestrutura de home office que garanta os mesmos ou melhores resultados do que o trabalho no escritório.

A pandemia de covid-19 forçou muitas empresas a adotar temporariamente o home office. Com medidas provisórias e emergenciais, profissionais de diversos setores passaram a trabalhar de casa com melhora na produtividade e na entrega de resultados. Agora há uma tendência de se adotar definitivamente o trabalho remoto.

Os resultados positivos do home office podem ser creditados a várias razões. O melhor aproveitamento do tempo sem deslocamento para o escritório, o foco na produtividade ao invés das horas trabalhadas e o corte de custos são alguns dos motivadores para o home office como padrão para muitos profissionais.

No entanto, para que os resultados atingidos pela equipe em home office sejam compatíveis com o esperado, é preciso garantir que todas as necessidades básicas para que o trabalho seja realizado sejam atendidas. E isso quer dizer uma infraestrutura de TI impecável.

O que é preciso para garantir o trabalho home office de um funcionário?

A começar com o óbvio, qualquer profissional que vá trabalhar de casa precisa ter à disposição todo equipamento necessário para desempenhar suas funções. Isso inclui laptops, fones de ouvido, câmeras, além de softwares, permissões de acesso remoto e meios de se manter em contato com o restante do time.

Ademais, a infraestrutura que permite que as pessoas tenham acesso aos dados necessários com segurança também deve funcionar plenamente. Cloud computing é um dos recursos básicos para permitir o acesso das pessoas aos dados. Mas nem só de nuvem se faz um escritório virtual.

A conexão usada pela sua empresa deve ser revista para garantir o acesso e, principalmente, a segurança dos dados. Uma VPN é essencial para uma conexão segura, mas também é preciso configurar os firewalls para os acessos externos, além de considerar outras ferramentas de criptografia, mascaramento, políticas de acesso, licenças e segurança de senhas.

Além da segurança dos informação, a conexão também deve suportar o aumento do tráfego. A rede interna da sua empresa deve estar preparada para não ser sobrecarregada com o aumento de acessos remotos. O congestionamento da rede pode impedir o acesso aos dados, dificultar a comunicação das equipes e atrasar entregas.

Por último, mas não menos importante, as lideranças de TI devem se preocupar com o treinamento de todas as pessoas que adotarão o home office. É bom lembrar que nem todo mundo que trabalha em home office é da área da TI. Será normal que haja dúvidas sobre como acessar a VPN, como trabalhar em rede e quais passos seguir no caso de suspeita de alguma falha na segurança da informação.

Capacitar profissionais que adotam o home office com conhecimentos básicos sobre segurança de TI é uma boa prática para evitar problemas e diminuir a ocorrência de erros técnicos.

O que mais não pode faltar para trabalhar em home office?

Para garantir que os processos e a comunicação das equipes tenham a mesma fluidez dos espaços compartilhados, algumas ferramentas passaram a ser essenciais nesta nova era do home office.

Para além dos recursos de gestão de RH, controle de ponto e acompanhamento de produtividade, voltados principalmente para as lideranças, estamos falando também dos softwares que facilitam a comunicação, o compartilhamento do que cada um da equipe está fazendo e a solução de dúvidas. Afinal, seus pares já não estão na mesa ao lado ou a um cafezinho de distância.

Assim, programas de videoconferência como Zoom e Skype, de gerenciamento de projetos como Trello e Taskworld e de comunicação como Slack e Microsoft Teams se tornaram essenciais para garantir a comunicação sem obstáculos entre a equipe, além do acompanhamento fácil de tarefas e projetos por todos.

Como montar a infraestrutura de TI para home office?

Em gestão de negócios, há duas categorias para investimento em infraestrutura. O Capex (do inglês Capital Expenditure), é a contabilização de investimentos em bens, como imóveis, ferramentas, maquinário, veículos, hardware e softwares.

Os investimentos em Capex são normalmente usados para novos projetos que visam a aumentar o escopo da organização e ampliar as possibilidades do planejamento estratégico da empresa. São pensados a longo prazo e requerem um investimento maior de capital de uma só vez.

A outra categoria de investimento é o Opex (Operational Expenditure), que inclui os gastos operacionais da empresa, como aluguel, energia, água, manutenção, terceirização de serviços, mão de obra e contratações de serviços.

No caso da infraestrutura de TI, por exemplo, a contratação do outsourcing é contabilizado como Opex e tendem a diluir os custos da disponibilização do recurso ao longo do tempo, reduzindo o montante investido de uma só vez.

Essa é uma das razões para que, até o final de 2020, 60% das organizações em todo o mundo adotem a tendência de Opex-First, de acordo com um levantamento realizado pelo instituto Gartner. Esse número é de 30% hoje, indicando uma previsão de 100% de aumento.

Essa tendência prevê a adesão ao outsourcing como preferência, em detrimento da aquisição da infraestrutura de TI. Além da redução de custos, a garantia de suporte oportuno e de qualidade é mais um atrativo desse modelo de investimento. Uma boa combinação para implementar a infraestrutura adequada para home office que o seu negócio precisa.

Se interessou em saber mais sobre outsourcing de TI? Fale com nossos consultores e descubra como essa solução pode ajuda a infraestrutura de home office da sua empresa.

Assine nossa
newsletter

    Ebook
    do mês

      Importante:
      Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Saiba mais acessando nossa politica de privacidade e nossos termos e condições