Microcity

Gestão de TI: O que é, quando e onde utilizar?

Gestão de TI: O que é, quando e onde utilizar?

Há pouco tempo atrás, a Gestão de TI era um termo não muito conhecido, mas atualmente é um dos setores mais importantes das pequenas, médias e grandes empresas. 

Com a transformação digital, ela deixou de ser uma opção e passou a ser extremamente necessária para as organizações. Afinal, a Gestão de TI pode ser um diferencial para o seu negócio.

O que é a Gestão de TI?

O termo tem como significado administrar todas as atividades e soluções provenientes de recursos tecnológicos usados em uma empresa que possibilitem o armazenamento, a obtenção, o acesso a dados e informações que são utilizadas diariamente nas instituições. 

Ou seja, gerir a área de tecnologia da informação é basicamente assegurar e cuidar para que os projetos desenvolvidos estejam alinhados com as atividades e recursos da empresa.

A gestão de TI é composta por processos, pessoas e tecnologia. Ela é responsável também por garantir que todos os setores e colaboradores da empresa trabalhem em sintonia em busca de atingir um mesmo objetivo. Sendo assim, além de lidar com processos, é necessário lidar também com as pessoas.

Como funciona a tecnologia da Informação?

Constituída por um conjunto de tecnologias de armazenamento e processamento de dados e comunicação entre pessoas e organizações, a tecnologia da informação funciona por meio do envolvimento de profissionais capacitados, softwares, hardwares, redes, internet e o uso de computadores com o objetivo de proporcionar um funcionamento eficaz e ágil dessas atividades.

O que faz o Gestor de Tecnologia da Informação?

O gestor de TI tem o papel de conduzir o trabalho dos colaboradores da melhor maneira possível. Durante o dia a dia, existem uma série de funções que esse profissional deve cumprir, algumas delas são: 

  • Administrar os processos da área;
  • Providenciar o suporte técnico;
  • Monitorar a segurança da rede e conformidade dos sistemas;
  • Elaborar o planejamento e estratégias da área de TI;
  • Implementar sistemas de dados, softwares e hardwares.

Como em todos os setores de uma empresa, o gestor de TI pode e deve contar com a ajuda dos colaboradores para que todo o planejamento aconteça corretamente.

ITIL – Para auxiliar o gestor 

A ITIL (Information Technology Infrastructure Library), Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação, em linhas gerais, é a união de boas práticas de TI. A ITIL descreve essas práticas que são essenciais para o cotidiano da equipe de Tecnologia da Informação. 

A partir da implementação da gestão de TI juntamente às práticas ITIL, será possível adquirir inúmeros benefícios, como: 

  • Aumento da produtividade da equipe;
  • Otimização de processos;
  • Elevação do nível de trabalho;
  • Redução de incidentes;
  • Redução de custos
  • Alinhamento da equipe de TI com a área de negócios
  • Gestão e análise dos serviços em operações e varejo;
  • Satisfação dos clientes;
  • Suporte útil e eficaz à organização.

Gestão de TI e gestão de serviços

Com o intuito de fidelizar os clientes, a gestão de serviços é nada mais que o conjunto de ações estratégicas que assegurem que prestação de serviço ao cliente seja feita com eficácia e excelência

Cada vez mais, os serviços de TI precisam estar alinhados com o objetivo estratégico das organizações. Isso torna necessário, para as empresas especialistas em TI, a  flexibilização das entregas de seus produtos e serviços para que atendam às necessidades dos clientes, ao mesmo passo em que também se desenvolvem enquanto negócio.

E, para que a gestão de TI seja efetiva, é fundamental um bom gerente de TI, que proponha soluções inovadoras, criativas e tenha um background vasto em conhecimento de diversos setores para trazer benefícios à empresa.

A visão estratégica do gestor de TI também é um requisito para otimizar os processos organizacionais, melhorar a utilização de informações, recursos e tecnologias da instituição.

Diferença entre os cursos de Tecnologia da Informação e Gestão de TI

Os cursos de Gestão de TI e Tecnologia da Informação têm diferenças sutis que dizem bastante sobre as possibilidades de atuação do profissional, são elas:

  • No curso de TI, o aluno adquire conhecimento sobre sistemas da informação (aplicativos e softwares), infraestrutura informatizada, além da formação nas áreas de banco de dados, modelagens de processos e desenvolvimento de software. 

 

  • Já o curso de Gestão de TI, é um mix das áreas de gestão e informática. Nesse caso, o aluno aprende sobre a administração dos softwares, hardwares, bancos de dados, melhoria e otimização dos processos, buscando soluções para a empresa elevando sua produtividade, dos colaboradores e qualidade dos serviços.

Além desses cursos, existem outros, como Engenharia da Computação, Sistemas da Informação, Análise de Dados, Ciência da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que contemplam a área de TI.

Qual a melhor área para o profissional de TI?

Quando o assunto é salário, segundo a revista Exame, as cinco melhores áreas para o profissional de TI já com formação superior são:

  • Arquitetura da Informação (R$ 5.818,35);
  • Sistemas (R$ 5.235,57);
  • Banco de Dados/DBA (R$ 5.125,72);
  • Administração de Redes (R$ 3.311,76) e;
  • Processamento de dados (R$ 2.468,56).

O que é necessário para obter sucesso na área de TI?

Como em qualquer outra área profissional, para obter sucesso na área de TI será necessário muito estudo! 

Estude as novas tecnologias, até porque novas descobertas são feitas a todo momento. 

Busque certificações. É muito importante adquirir conhecimento de qualquer forma, mas para um bom e eficaz plano de carreira, com certeza a certificação é indispensável! 

Ter conhecimento em inglês é mais que necessário para conseguir acompanhar as novidades e desenvolver o seu trabalho tranquilamente. 

Saiba qual tipo de profissional você quer ser, o Especialista ou o Generalista. Como o próprio nome diz, o Especialista busca mais conhecimento em uma área específica, enquanto o Generalista adquire conhecimento sobre todas as áreas. 

Nos dois casos, há prós e contras. Portanto, a dica é manter o foco caso queira se aperfeiçoar em algum setor em específico, mas sem esquecer de dar atenção para as outras áreas.

Gestão de TI como estratégia para alavancar seus negócios

A gestão de TI eficaz fará com que o seu negócio flua perfeitamente e com certeza será um diferencial no mercado. Por isso, implantar essa gestão em sua empresa é uma ótima estratégia, uma vez que ela otimiza os seus recursos e a performance dos usuários, elevando o nível do relacionamento com eles e até mesmo com os colaboradores. 

Além disso, é possível melhorar e propor inovações nos processos da organização, resultando em uma excelente prestação de serviços, que serão assertivos e produtivos, já que o objetivo é sempre reter os clientes.

Importância da Gestão de TI para as empresas

A habilidade em gestão de TI só é desenvolvida na prática. É preciso entender que nesta área tudo funciona de forma integrada, e é fundamental formar uma equipe que tenha visão macro e seja a ponte com todos os setores da empresa.

Uma das frases mais ditas no mundo dos negócios é “tempo é dinheiro”. Se dentro da sua empresa você tem problemas com falhas na internet, no funcionamento de computadores, servidores e outros equipamentos, você perde tempo e, consequentemente, dinheiro, principalmente quando a situação não é resolvida com agilidade e eficiência.

É aí que entra a gestão de TI: ela irá cuidar para que todos os equipamentos funcionem em sua melhor performance, além de prever oscilações de mercado, direcionando para boas tomadas de decisões, rápidas e estratégicas, fazendo com que todo o andamento da organização esteja em completa sinergia.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe nas suas redes sociais e se inscreva para receber nossa newsletter.

Assine nossa
newsletter

Ebook
do mês

Importante:
Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.Saiba mais acessando nossa politica de privacidade e nossos termos e condições