Microcity

Como escolher a configuração ideal de um computador para empresa?

Como escolher a configuração ideal de um computador para empresa?

A escolha do computador para empresa tem impacto direto em diversas áreas da empresa. A opção dos equipamentos modifica a gestão do orçamento da organização e pode afetar a produtividade dos colaboradores. É preciso considerar a vida útil dos equipamentos de TI e a real necessidade da sua equipe.

 

Ao planejar a infraestrutura de TI da sua empresa, uma importante fase é a escolha dos computadores ideais. Longe da uniformização de adquirir máquinas iguais para toda a equipe, uma TI otimizada e eficiente avalia o uso, a demanda e opta por um computador para empresa adequado para cada função.

Escolher um computador para sua empresa deve ser uma tarefa estratégica e planejada. Além da grande variedade de opções no mercado, a avaliação do desempenho esperado dessa máquina deve ser levada em consideração.

Qual é o melhor computador para empresa?

Como tudo na escolha do computador para a empresa, depende. O mais indicado é aquele que possui as configurações mais adequadas para as tarefas que serão executadas. Questões como mobilidade, capacidade de armazenamento, processador e memória RAM devem ser pesadas uma a uma.

Nem sempre o computador mais potente, top de linha, será o mais adequado para a empresa. Se o equipamento será usado para tarefas como troca de e-mails e edição de textos e planilhas simples, uma supermáquina será um desperdício de investimento.

Da mesma forma, um profissional que precisa de alta capacidade de processamento para trabalhar com edição de vídeos em alta resolução ou projetos em 3D terá seu trabalho prejudicado se usar uma máquina com especificações aquém do necessário.

Portanto, o melhor computador para empresa é aquele que tem modelo e configurações mais adequadas para o tipo de uso esperado.

O que deve ser considerado no momento de escolher um modelo de computador?

A escolha do computador começa no planejamento da infraestrutura de TI da sua empresa. Mapear as necessidades das equipes de diferentes departamentos (e mesmo de diferentes pessoas) é o primeiro passo para determinar quais especificações a máquina de cada profissional deve ter.

O objetivo é sempre disponibilizar equipamentos eficientes e que ofereçam o melhor desempenho ao profissional, porém sem subutilizar máquinas e fazer grandes investimentos que serão mal aproveitados.

A primeira consideração a ser feita, ao escolher um computador para empresa, é a mobilidade necessária para o profissional que usará a máquina. Com o aumento da adesão ao trabalho remoto, a necessidade de notebooks também se ampliou.

O notebook é a melhor escolha para profissionais que se deslocam com frequência e precisam de acesso ao sistema corporativo onde quer que estejam. Máquinas cada vez mais leves, compactas e potentes oferecem agilidade e conforto para profissionais que trabalham em constante deslocamento.

Por outro lado, um equipamento deslocado com frequência tende a ter menor durabilidade, por estar mais suscetível a acidentes, perdas e até mesmo roubo. Notebooks também costumam ter menos possibilidades de personalizações como aumento de memória ou processamento.

Entretanto, se o objetivo é montar estações de trabalho fixas, o PC e o all in one são opções mais adequadas. Além da maior durabilidade, por não serem tão deslocados de um local para outro, a possibilidade de personalização do equipamento de acordo com a demanda é superior.

Se a otimização de espaços reduzidos é uma preocupação da empresa, as opções de all in one são compactas e exigem menos espaço físico, já que todos os componentes, como monitor, caixas de som e o computador estão em uma só máquina.

A opção de estações de trabalho fixas pode ser adotada até mesmo na implantação de estações de trabalho em casa. Se não houver a necessidade de deslocamento da pessoa a trabalho e seu regime remoto for integral, o computador disponibilizado para o home office pode ser um PC ou all in one, favorecendo a estabilidade e a facilidade na atualização da máquina.

Além de conhecer e mapear as necessidades das pessoas, dominar a diferenciação das especificações técnicas é essencial para selecionar o melhor computador para cada profissional. Compreender as razões para adquirir um computador mais potente para uma área e um mais básico para outra é essencial para justificar o investimento diversificado.

Ter sempre em mente o orçamento disponível para investir nos computadores também é fundamental. Isso vai ajudar na escolha dos computadores ideais, na pesquisa pelo melhor fornecedor e no planejamento estratégico desse investimento.

Por fim, lembre-se que a padronização de sistemas operacionais e softwares é interessante para integrar sistemas e convergir. No entanto, ao escolher as máquinas para integrar seu parque tecnológico, padronizar todos os computadores não segue a mesma lógica.

Padronizar os computadores de toda uma empresa significaria uma das duas opções: disponibilizar máquinas superpotentes para tarefas básicas, subutilizando o equipamento e provavelmente fazendo um investimento pouco estratégico e maior que o necessário; ou sobrecarregar computadores básicos com funções que demandam alto processamento, gerando lentidão e defasagem nos processos.

Por isso, a escolha dos computadores para a empresa deve ser feita com visão estratégica e sistêmica, garantindo a melhor performance, aliada ao melhor custo-benefício.

Qual é a melhor opção para a minha empresa?

Ao perceber que, para adquirir um computador para empresa não basta escolher o mais barato e comprar o mesmo para toda a equipe, muitos gestores de TI se preocupam com o investimento necessário.

A relação custo-benefício da infraestrutura de tecnologia deve ser positiva. Por isso, muitas vezes comprar os equipamentos pode não ser a melhor opção. O outsourcing de TI é uma alternativa inteligente para a empresa que quer os equipamentos mais adequados às suas necessidades.

Um parceiro de confiança e especializado contribui com a gestão do seu parque tecnológico oferecendo mais inteligência para o crescimento da infraestrutura da sua empresa. Ele pode auxiliar na seleção dos computadores mais adequados para sua equipe, garantindo a manutenção e o suporte disponíveis.

O parceiro pode apoiar também no remanejamento das máquinas internamente de acordo com o consumo e a performance real de cada equipe. Através de dashboards de gerenciamento, é possível perceber quando uma máquina está sendo subutilizada ou chegando ao limite do seu desempenho. Com essa gestão proativa, é possível prevenir falhas e até reduzir novos orçamentos com ampliação do parque.

Gostou desse conteúdo? Conheça a solução de PC as a Service da Microcity e saiba como podemos ajudar você a encontrar o computador ideal para a sua empresa.

Assine nossa
newsletter

    Ebook
    do mês

      Importante:
      Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Saiba mais acessando nossa politica de privacidade e nossos termos e condições