Microcity

Como manter a estrutura em nuvem segura e com alto desempenho?

Como manter a estrutura em nuvem segura e com alto desempenho?

Muitas são as vantagens de migrar processos operacionais para nuvem: redução de custos, escalabilidade e provisionamento sob demanda, autonomia e independência para equipes de TI. Ainda assim, quando se fala em cloud computing, uma das maiores preocupações entre as empresas está voltada para a segurança dos dados, ou seja, orquestrar uma nuvem segura.

 

Mas, a resposta para este problema pode ser mais simples do que se imagina. O monitoramento da nuvem de forma contínua, a análise do tráfego e o comportamento das soluções utilizadas são fatores cruciais para garantir a qualidade e a segurança dos serviços e produtos que adotam cloud computing como ferramenta estratégica.

 

À medida que a complexidade e a estrutura de novos serviços através da cloud computing crescem, aumentando o número de usuários e as transações realizadas diariamente, é importante estar atento à falta de visibilidade na hora de identificar problemas que podem afetar a performance e o fluxo dos negócios. Por isso, o gerenciamento da solução é peça fundamental para qualquer empresa que queira manter uma nuvem segura e eficaz.

 

Mas, não se engane: gerenciar uma infraestrutura de cloud computing não consiste apenas em usar ferramentas básicas de rede e checar dispositivos. As soluções atuais de monitoramento oferecem uma abordagem muito mais abrangente, como analisar problemas de design de rede, aplicativos e fluxo de dados. Elas também realizam análise de causas raiz e detectam problemas relacionados à virtualização e sistemas operacionais.

 

A automação desse processo possibilita verificar todas as relações de interdependência que compõe os serviços dinâmicos provisionados em nuvem, o que inclui, no caso de um sistema simples, a conexão com diversos servidores, bancos dados e hosts. Com a consolidação dos dados, é possível ter uma excelente visão da estrutura utilizada de cloud computing e do ciclo de vida das operações, auxiliando a equipe de TI nas melhores decisões, tanto em momentos críticos quanto estratégicos.

Todos estes detalhes se refletem na preocupação dos profissionais da área. Em uma pesquisa recente encomendada à CITO Research pela Commvault, fornecedora de soluções de proteção e recuperação de dados, revela que 81% dos CEOs, CIOs, CTOs e líderes de TI estão extremamente ou muito preocupados em perder os avanços que as soluções em nuvem proporcionam.

De acordo com o estudo, a prática tem levado esses profissionais a acelerar as suas estratégias da nuvem. Para 93% dos entrevistados, pelo menos um de seus processos internos está em fase de transição para a nuvem. Além disso, 56% declararam que já moveram ou pretendem mover não apenas alguns, mas todos os processos para a nuvem.

 

Principais pontos de monitoramento

 

Ao conhecer a estrutura de uma solução hospedada na nuvem é possível definir as áreas estratégicas que devem ser monitoradas constantemente:

 

Infraestrutura de rede: é importante ter um desenho completo da rede para definir o que deve ser monitorado, as prioridades e procedimentos a serem realizados em caso de problemas. Links de Internet (principal e redundância), roteadores e switches são alguns exemplos de ativos a serem monitorados.

 

Hardware e software: servidores e sistemas operacionais utilizados como principais ativos devem ser monitorados. É necessário verificar a disponibilidade, performance, tempo de resposta e informações como versões instaladas e updates.

 

Banco de dados: como armazena todas as informações da empresa, sua indisponibilidade pode gerar grandes prejuízos financeiros. Por isso, é importante monitorar sua disponibilidade e os processos de backup dos dados.

 

Esta lista pode – e deve – se estender para outras áreas e ativos. Por isso, contar com uma empresa que forneça um serviço de qualidade e que seja referência no mercado é de suma importância.

 

Quer saber mais sobre os benefícios de uma nuvem segura e de alto desempenho? Confira o case do laboratório Geraldo Lustosa, que garantiu a estabilidade e disponibilidade dos seus sistemas.

 

Depois, siga as nossas páginas do Facebook e LinkedIn para acompanhar todas as novidades do mercado de TI.

Assine nossa
newsletter

Ebook
do mês

Fale com a Microcity
Ou ligue para a Microcity (31) 2125.4200. Para contato comercial,
clique aqui.