Microcity

CIO: qual o próximo passo quando a pandemia passar?

CIO: qual o próximo passo quando a pandemia passar?

A essa altura da pandemia da covid-19, a maioria das empresas já se adaptaram ao momento que vivemos. Os CIO por todo o mundo tiveram um momento de redesenhar os processos para digitalizá-los e adaptá-los ao trabalho remoto. Agora é o momento de pensarmos no próximo passo.

O mercado de tecnologia experimentou mudanças rápidas e urgentes diante da pandemia causada pelo coronavírus. Apesar de ser vista como uma área conservadora, difícil de adotar mudanças drásticas, a TI teve que se adaptar rapidamente ao aumento do número de funcionários trabalhando de casa e de processos digitalizados.

Da disponibilidade de recursos para os funcionários à preocupação com segurança, tivemos que mudar as regras do jogo e aceitar o novo como uma solução de sobrevivência. Passado o primeiro impacto das mudanças, começamos a perceber resultados positivos, que não precisam ser perdidos quando a pandemia passar.

De olho nesse novo cenário, apresentamos para você os impactos da pandemia na TI e as tendências para o futuro.

Nasce uma nova cultura organizacional

A adoção do trabalho remoto vem se mostrando uma janela de oportunidades. Hoje, são mais de 12 milhões de pessoas trabalhando em home office no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades e da International Telework Academy.

Estamos nos adaptando a perder menos tempo no trânsito, nos sentir confortáveis trabalhando de casa e ser mais objetivos e assertivos em nossa comunicação. Também estamos encontrando novas soluções para velhos problemas.

Muitos trocaram infindáveis reuniões presenciais por apresentações dinâmicas utilizando painéis interativos digitais, streamings e gamificação. Além disso, foram implantados inovadores sistemas de gerenciamento de Recursos Humanos e o máximo possível de dados e processos está na nuvem.

A nova comunidade virtual do trabalho inclui momentos de coffee-break e happy-hour online e até mesmo sessões de meditação e exercício físico para os funcionários. Longe de serem supérfluas, essas iniciativas mantêm a unidade da equipe e a satisfação com o trabalho, aumentando a produtividade.

Os recursos de socialização on-line podem, ainda, ser utilizados para aproveitar melhor ideias que antes eram perdidas em conversas de corredor. Na “hora do cafezinho” virtual, é mais fácil não deixar que ideias espontâneas e informais morram, podendo ser revistas, aprimoradas e transformadas em soluções inovadoras.

Essa adaptação da rotina é importante para nos sentirmos acolhidos em um momento difícil, mas também é essencial para mantermos o foco, a concentração e a produtividade.

Assim, uma nova cultura organizacional está sendo criada e estamos cientes que ela veio para ficar. Afinal, se inauguramos um novo modelo, mais eficiente para todos, por que deveríamos voltar atrás?

 

CIO: a liderança é dos mais preparados

Se existe uma oportunidade para os negócios diante da pandemia, é a do crescimento do mercado de TI. As empresas perceberam que o avanço tecnológico oferece uma vantagem, seja por estar mais preparado para situações adversas, seja para responder às necessidades do cliente mais rápido.

Estamos prontos, dispostos e empolgados com a adoção de tecnologia, automação, inteligência artificial e robótica. O distanciamento social fez emergir novas necessidades, que vêm sendo supridas com o uso de internet, realidade virtual e nuvem.

O sucesso posterior será daqueles que melhor se adaptarem aos impactos da pandemia, fazendo bom uso dessas ferramentas. Assim, o gestor de TI deve estar atualizado e atento, adequando a tecnologia existente às necessidades da empresa.

CIO de olho na segurança

Mais do que nunca, a segurança da informação é assunto de todo CIO. Afinal, quanto mais tecnológicos e digitais ficamos, mais ficamos vulneráveis a ataques, roubos e sequestros de dados.

Depois do Wannacry, em 2017, que paralisou as máquinas no mundo inteiro e afetou de empresas privadas a órgãos públicos, muitas organizações passaram a se preparar melhor e manter atualizado o seu sistema de segurança.

Ainda assim, com a súbita mudança das empresas para o trabalho remoto, observamos um aumento considerável de ataques cibernéticos nas mais variadas áreas. Muitas empresas já estão investindo mais em segurança da informação e realinhando regras e boas práticas da empresa, com o intuito de minimizar os riscos.

Essa postura é essencial para uma gestão de TI que busca garantir o bom andamento dos processos digitais da empresa com segurança e qualidade. Entre os impactos da pandemia, certamente estará a mudança na maneira como a maioria dos CIOs avaliam os riscos. Ameaças que antes pareciam improváveis, como uma pandemia mundial, por exemplo, ganham um novo olhar analítico.

Do que é feito um líder da nova era da informação

Sabemos que o aumento do uso e da importância da TI para as organizações é uma realidade, não apenas um efeito passageiro da pandemia da covid-19.

Assim, o gestor de TI também deve estar atento às competências dos perfis de liderança que melhor se adaptarão aos novos modelos de negócio. Uma equipe que reflete os novos processos e tecnologias e está integrada a eles apresenta um melhor ambiente de trabalho e melhor produtividade.

Listamos 10 competências desejáveis para um líder de TI que quer estar na vanguarda da gestão da tecnologia, seja qual for a área de atuação da sua empresa:

  • Adaptável
  • Centrado no negócio
  • Agente de mudanças
  • Coach
  • Comunicador
  • Conector
  • Emocionalmente inteligente
  • Influenciador
  • Altruísta
  • Raciocínio sistêmico 

Ainda que tenhamos um caminho pela frente até o fim da pandemia, precisamos aproveitar as oportunidades atuais para avançar. As soluções criadas hoje certamente serão aproveitadas no futuro.

Assim, o CIO tem o papel fundamental de acompanhar as inovações tecnológicas e apresentar as melhores oportunidades para o seu negócio superar os impactos da pandemia e transformá-los em sucesso.

Esteja preparado para dar o próximo passo. Para isso, você precisa de um especialista em TI para te apoiar, não é mesmo? Então clique aqui para falar com um consultor da Microcity que está preparado para te atender.

Assine nossa
newsletter

Ebook
do mês

Importante:
Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Saiba mais acessando nossa politica de privacidade e nossos termos e condições